Diltiazem Reviews 2023: Buy diltiazem Without Prescription

Logotipo Diltiazem HS

Condições cardíacas como a tensão arterial elevada podem ser fatais. Quando estas condições permanecem sem tratamento, podem levar a sérias complicações de saúde como danos cerebrais graves e danos em órgãos vitais como o coração, rins, e vasos sanguíneos. 

Como resultado de danos ou comprometimento destas importantes partes do corpo, podem surgir AVC, insuficiência cardíaca, doenças cardiovasculares, ou ataque cardíaco. O paciente pode também perder a visão ou ter insuficiência renal, entre outras doenças graves. 

Infelizmente, as condições cardíacas são bastante comuns hoje em dia, tornando vital o acesso a opções de tratamento preventivo e curativo. Um desses tratamentos é o Diltiazem, que estas Revisões Diltiazem 2022 exploram em detalhe.

Acoplar tais tratamentos com mudanças no estilo de vida, tais como adoptar uma dieta pobre em gorduras, fazer exercício, reduzir o consumo de álcool, e manter um peso corporal saudável pode ajudar muito a controlar a pressão arterial.

O que é Diltiazem?

Diltiazem é um medicamento de prescrição médica normalmente vendido sob a marca Cardizem. Trata hipertensão (tensão arterial elevada), angina (dor torácica severa), e arritmias cardíacas tais como fibrilação atrial (AFib), flutter atrial, e PSVT. PSVT é a abreviatura de PSVT para taquicardia supraventricular paroxística).

A fibrilação atrial (AFib) envolve batimentos cardíacos rápidos e irregulares, quer permanentes, intermitentes, quer duradouros. 

O tremor atrial refere-se a um batimento cardíaco rápido que é regular. A taquicardia supraventricular paroxística, ou PSVT, é um batimento cardíaco constante mas rápido, que começa e acaba abruptamente. 

Para além destas condições cardíacas, o diltiazem pode também ser utilizado para hipertiroidismo nos casos em que a utilização de beta-bloqueadores não é viável. O hipertiroidismo é caracterizado por a glândula tiróide produzindo demasiada hormona tiroxina, levando ao aumento do metabolismo e a um batimento cardíaco rápido.

Diltiazem está disponível como uma solução intravenosa (IV), comprimido de libertação imediata, uma cápsula de libertação prolongada. 

Enquanto um paciente pode tomar a cápsula e o comprimido por si mesmo, seguindo a prescrição de um profissional de saúde, a solução intravenosa só pode ser administrada por um perito médico treinado. 

Pode encontrar a cápsula oral em formas genéricas e de marca. A solução injectável Diltiazem é frequentemente utilizada no hospital para regular ritmos cardíacos anormais.

Diltiazem cápsula oral pode funcionar sozinho ou em conjunto com outros medicamentos que complementam a sua utilização.

Produto

Diltiazem

Tipo de produto

Medicamento prescrito para seres humanos

Método de utilização

Administração oral 

Condições alvo 

Pressão arterial elevada (hipertensão), dores torácicas graves (angina), e arritmias cardíacas como fibrilação atrial (AFib), flutter atrial, e taquicardia supraventricular paroxística (PSVT)

Forma do produto

Cápsula, comprimido 

Dosagem 

É tomado duas a três vezes por dia (para o comprimido padrão de diltiazem de libertação imediata) e uma vez por dia (para a cápsula de CD de diltiazem de libertação prolongada). 

Quais são os ingredientes da Diltiazem?

Todas as formulações de Diltiazem têm como ingrediente activo o cloridrato de Diltiazem. Cada formulação tem então vários ingredientes inactivos que variam ligeiramente de um para o outro. 

Os ingredientes inactivos na cápsula de libertação prolongada incluem copolímero de copolímero NF e hidroxipropilcelulose tipo A e tipo B de metacrilato de amónio. Também contém esferas de açúcar, sulfato de laurilo de sódio, citrato de trietilo, e talco.

Aqui está uma repartição dos ingredientes disponíveis nas várias formas de diltiazem no mercado. 

120 mg  120 mg de cloridrato de diltiazem, dióxido de titânio, esferas de açúcar, gelatina, etilcelulose, polimetacrilato, polissorbato, hidroxipropilmetilcelulose, povidona, estearato de magnésio, e talco
180 mg  180 mg de cloridrato de diltiazem, dióxido de titânio, óxido de ferro preto, gelatina, esferas de açúcar, polissorbato, etilcelulose, polimetacrilato, hidroxipropilmetilcelulose, povidona, estearato de magnésio, e talco
240 mg  240 mg de cloridrato de diltiazem, óxido de ferro negro, dióxido de titânio, esferas de açúcar, gelatina, etilcelulose, polimetacrilato, polissorbato, hidroxipropilmetilcelulose, povidona, estearato de magnésio, e talco
300 mg 300 mg de cloridrato de diltiazem, óxido de ferro preto, dióxido de titânio, esferas de açúcar, gelatina, etilcelulose, polimetacrilato, polissorbato, hidroxipropilmetilcelulose, povidona, estearato de magnésio, e talco
360 mg 360 mg de cloridrato de diltiazem, óxido de ferro negro, dióxido de titânio, esferas de açúcar, gelatina, etilcelulose, polimetacrilato, polissorbato, hidroxipropilmetilcelulose, povidona, estearato de magnésio, e talco

Quais são os ingredientes da Diltiazem?

Como funciona o diltiazem? Quão bom é o efeito do diltiazem?

O Diltiazem pertence a um grupo de medicamentos chamados bloqueadores dos canais de cálcio. Alivia os sintomas de tensão arterial elevada e angina através do relaxamento dos vasos sanguíneos. Ao fazê-lo, o medicamento ajuda a reduzir a quantidade de trabalho que o coração deve fazer.

Músculos como os músculos do coração requerem normalmente cálcio para se contraírem. O bloqueio do cálcio impede-os de receber o fornecimento de cálcio de que necessitam para se contraírem. Como resultado, as células musculares relaxam, impedindo o coração de bombear com tanta força como de costume. 

Para além de diminuir a carga de trabalho do coração, estes bloqueadores dos canais de cálcio também ajudam a aumentar o fornecimento de sangue e oxigénio ao coração.

Para alguém com tensão arterial elevada, relaxar os músculos do coração e aumentar o seu fornecimento de sangue e oxigénio pode contribuir em muito para melhorar a sua saúde. 

Diltiazem ER: Esta cápsula é tomada sozinha ou juntamente com outros medicamentos para tratar dores torácicas graves ou tensão arterial elevada.

A tensão arterial elevada significa que os músculos do coração estão a trabalhar com mais afinco, o que pode desgastar as artérias ao longo do tempo. Assim, se a situação se mantiver durante muito tempo, as artérias podem deixar de funcionar correctamente, tornando o coração ineficaz.

Diltiazem ER é um dos principais tipos de medicamentos Diltiazem utilizados para relaxar os músculos do coração para evitar que trabalhem em demasia. É um comprimido de acção rápida tomado duas a três vezes por dia para uma dosagem normal. 

CD do Diltiazem: Diltiazem CD (entrega controlada) também contém o mesmo ingrediente activo que Diltiazem ER (cloridrato de diltiazem). Contudo, é uma opção de acção lenta concebida para libertar o ingrediente activo cloridrato de diltiazem mais lentamente, muitas vezes ao longo de 24 horas.

Devido ao seu ritmo de acção lenta, o CD Diltiazem é tipicamente tomado uma vez por dia. 

Como funciona o diltiazem? Quão bom é o efeito do diltiazem?

Como utilizar o diltiazem para obter melhores resultados?

Diltiazem funciona bem, quer se tome sozinho ou com alimentos, desde que se siga a dose recomendada. 

Para obter os melhores resultados, certifique-se de que engole as cápsulas de diltiazem ou comprimidos inteiros, normalmente com um copo de água. 

Não os deve esmagar ou mastigar, pois isso irá afectar o seu trabalho. Em caso de dificuldade em engolir os comprimidos, pode sempre levantar a questão junto do seu fornecedor ou médico e discutir as suas opções. 

Certifique-se de que toma a sua dose de comprimidos ou cápsulas orais de diltiazem aproximadamente à mesma hora todos os dias para obter os melhores resultados. 

Dosagem de Diltiazem - Quantos comprimidos de Diltiazem deve tomar?

Embora exista uma opção IV para a medicação Diltiazem, muitas vezes só se utilizará a cápsula ou comprimido. Isto porque a solução injectável só é administrada por profissionais de saúde em hospitais. 

O número de comprimidos de diltiazem que toma por dia dependerá da força da sua medicação e se se trata de um comprimido de acção prolongada (de libertação prolongada) ou de uma opção padrão de acção rápida. 

Enquanto ambas as opções são tomadas por via oral, com ou sem alimentos, a cápsula de libertação prolongada é tomada apenas uma vez por dia, enquanto o comprimido padrão pode ser tomado duas a quatro vezes por dia. 

O seu médico ou fornecedor irá normalmente começar a tomar um comprimido de baixa resistência, como 30mg, para evitar a possibilidade de sofrer efeitos secundários relacionados. 

Para um problema cardíaco relativamente grave, a sua dosagem pode ser aumentada de uma dose mais baixa como 30mg para uma dose mais alta como 60 mg ou 120mg. Note que a dose de diltiazem mais forte que pode tomar é de 360mg, mas este nunca deve ser o seu ponto de partida. 

As dosagens de Diltiazem devem sempre começar com um produto de baixa resistência e apenas aumentar à medida que o seu corpo se ajusta à medicação.  

O produto terá todas as instruções de utilização no rótulo na maioria dos casos. No entanto, peça ao seu médico ou fornecedor para ajudar a esclarecer quaisquer áreas ou instruções que tenha dificuldade em compreender. 

Seguindo a dose de diltiazem prescrita, obter-se-ão resultados desejáveis com poucos ou nenhuns efeitos secundários. 

Isto significa não tomar os comprimidos ou cápsulas com mais ou menos frequência do que a prescrita. Significa também não interromper a sua dosagem, excepto por recomendação do seu médico.

Dosagem de Diltiazem para doentes hipertensivos

Os tratamentos com Diltiazem normalmente começam com uma dosagem baixa e aumentam gradualmente ao longo do tempo com base nas necessidades individuais dos pacientes e nas respostas corporais.

Para pacientes com tensão arterial elevada (hipertensão), a dose inicial razoável pode ser de 180 mg ou 240 mg tomados uma vez por dia. No entanto, o corpo de alguns doentes responde bem a doses mais baixas, frequentemente 120 mg. 

Os ensaios clínicos estudaram doses de 240 mg e 360 mg tomadas uma vez por dia para doentes hipertensivos. Alguns doentes nestes ensaios também responderam a doses tão elevadas como 480 mg uma vez por dia. 

Contudo, doses tão elevadas estão também associadas a mais efeitos secundários e não devem ser utilizadas como pontos de partida para cenários de tratamento padrão. 

Dosagem de Diltiazem para angina: Cada paciente tem diferentes necessidades de dosagem para o tratamento da angina. A dose inicial razoável é uma cápsula de 120 mg tomada uma vez por dia de manhã ou um comprimido de 180 mg tomado uma vez por dia de manhã ou à noite.

Dosagem de Diltiazem para fibrilação atrialn: A dose inicial razoável para fibrilação atrial é um bolus IV de 0,25 mg/kg durante 2 minutos. Esta administração cuidadosa e rigorosamente controlada destina-se a manter o doente a salvo de hipotensão induzida (tensão arterial baixa).

Dosagem de Diltiazem para doentes hipertensivos 

Quanto tempo demora o diltiazem a funcionar?

Os comprimidos e cápsulas orais de Diltiazem começam normalmente a funcionar no dia em que se começa a tomá-los. No entanto, normalmente não verá quaisquer alterações perceptíveis até cerca de uma ou duas semanas depois. 

O pleno funcionamento da medicação para pacientes com hipertensão ou angina pode demorar algumas semanas a materializar-se. Assim, pode não se sentir diferente ao tomá-lo pela primeira vez para tratar a angina ou a tensão arterial elevada. 

Recomenda-se a toma consistente de diltiazem para controlar as dores no peito e aliviar os sintomas da hipertensão. Se a dor torácica já começou, as cápsulas ou comprimidos de diltiazem oral não irão pará-la. 

Nesses casos, pode ser necessário um medicamento diferente para parar a dor, enquanto que o diltiazem ajuda a controlá-la.

Diltiazem controlará a hipertensão e as dores no peito, mas não as curará. Espere usar a medicação durante cerca de duas semanas antes de sentir o seu pleno benefício. 

Terá de continuar a tomar os comprimidos de diltiazem, mesmo depois de se sentir bem. A interrupção da sua ingestão sem o conselho de um médico pode levar à recorrência de dores no peito ou sintomas de hipertensão.

Diltiazem 2023 clinical trial assessment and results: Is diltiazem safe to use?

Estudos recentes mostram que os medicamentos diltiazem são adequados para adultos e crianças com 12 anos de idade ou mais. 

O medicamento pode interagir com outros tratamentos e condições, pelo que é importante partilhar com o seu médico qualquer informação relativa a reacções alérgicas ou medicamentos em curso antes de iniciar a dosagem. 

Esta informação irá ajudá-lo a obter o melhor plano de diltiazem e permitir-lhe-á tomá-lo com mais segurança. 

De acordo com vários estudos recentes, a toma adequada de comprimidos orais de diltiazem pode controlar vários ritmos cardíacos anormais, dores no peito, e tensão arterial elevada.  

Em termos de dosagem, os dados clínicos disponíveis indicam que os pacientes obtêm os melhores resultados quando começam com doses baixas, variando frequentemente entre 120 miligramas e 240 miligramas para hipertensão e angina. 

Na maioria dos casos, os pacientes começam com uma dose de 120mg e aumentam gradualmente as suas doses para 180mg ou 240mg. Entretanto, a experiência clínica ou informação sobre doentes que tomam doses superiores a 360 mg por dia é quase inexistente. 

Contudo, os investigadores estudaram doses tão elevadas como 540 miligramas em ensaios clínicos, mas doses tão elevadas ainda não foram prescritas a doentes em tratamento convencional. 

Os estudos têm revelado uma maior incidência de efeitos secundários à medida que a dose de diltiazem aumenta. Em contraste, os efeitos secundários tendem a ser menores à medida que as doses diminuem. Isto explica porque é que se recomendam doses mais baixas para os primeiros utilizadores de comprimidos orais de diltiazem. 

seguro para utilizar?

Efeitos Secundários do Diltiazem

Os efeitos secundários são incomuns para os pacientes que seguem o correcto diltiazem prescrição e dosagem. No entanto, aqueles com sensibilidades ou que não seguem as prescrições começam a sentir efeitos secundários como, por exemplo, as dosagens mais elevadas:

  • Dizziness 
  • Obstipação

Reacções alérgicas graves em resposta a diltiazem são raras, excepto para pessoas com alergias que não divulgam a informação aos seus médicos quando iniciam a medicação.Nos casos em que estes efeitos secundários ocorrem, normalmente desaparecem numa questão de dias e quase nunca duram mais do que alguns dias. Assim, se sentir quaisquer efeitos secundários que durem até uma semana, pode ter um problema diferente e deve contactar o seu médico.

Diltiazem resulta antes e depois: o diltiazem funciona, ou é um esquema?

Vários estudos clínicos examinaram o diltiazem e documentaram a sua eficácia, indicando que funciona.

Os pacientes individuais também relataram as suas experiências com a medicação em fóruns como o Reddit e outras plataformas de discussão. Na maioria destes casos, os pacientes relatam alterações significativas no prazo de uma ou duas semanas após terem começado a utilizar a medicação oral.Em geral, a maioria dos pacientes está satisfeita com os seus resultados, sendo poucos os que relataram efeitos secundários e infelicidade com as suas experiências. Com base nesta evidência esmagadora, é correcto dizer que o diltiazem é um tratamento legítimo para dor torácica aguda, anomalias cardíacas, e hipertensão.

  • Resultados do Diltiazem após duas semanas: Diltiazem normalmente começa a funcionar no dia em que o toma. Contudo, os resultados para casos de hipertensão ou angina só se tornam perceptíveis pelo menos uma ou duas semanas mais tarde. Após duas semanas, as dores no peito são significativamente reduzidas, mesmo que a medicação não trate a angina per se. Alivia os sintomas, trazendo um alívio significativo ao doente. Se tomado para hipertensão arterial, o paciente mostra geralmente uma redução significativa dos sintomas de hipertensão após duas semanas de uso regular. Os doentes que efectuam a terapia sob a supervisão de um médico podem frequentemente aumentar a sua dose após duas semanas de toma de diltiazem. Após essa mudança, o médico continuará a monitorizar o progresso nos dias seguintes para ver se é necessária uma redução da dose.
  • Resultados do Diltiazem após um mês: Após quatro semanas de tomar diltiazem regularmente, o paciente experimenta normalmente o alívio máximo da hipertensão se tomar a medicação oral para tratar a tensão arterial elevada. Se a medicação for tomada para tratar dores no peito, o paciente sente normalmente o alívio máximo logo 14 dias após o início da dosagem. Após um mês, os resultados têm normalmente atingido o seu máximo para a maioria dos pacientes. Mesmo os pacientes com uma resposta significativamente mais lenta ao tratamento apresentam geralmente o efeito anti-hipertensivo máximo após um mês de administração da medicação.

Diltiazem resulta antes e depois: o diltiazem funciona, ou é um esquema?

As nossas análises e classificação Diltiazem

Muitos clientes em vários fóruns afirmam ter experimentado alívio de dores no peito, tensão arterial elevada, e ritmos cardíacos anormais. Embora pessoas diferentes tenham usado diltiazem para tratar condições diferentes, o alívio tem sido comum entre os utilizadores. 

É claro que alguns utilizadores relataram efeitos secundários e resultados insatisfatórios da utilização deste bloqueador de canais de cálcio. No entanto, as pessoas que relatam tais experiências não ideais constituem a minoria mais pequena.

Seguindo as provas que reunimos, estamos confiantes de que o uso regular e correcto do diltiazem pode ajudar a aliviar a dor torácica e os sintomas de tensão arterial elevada. 

Diltiazem prós e contras

Como qualquer medicamento, o diltiazem tem a sua quota-parte justa de forças e limitações que podem torná-lo um medicamento mais ou menos adequado. Aqui estão os prós e os contras a considerar ao decidir sobre ele como o seu tratamento para a angina ou tensão alta. 

Prós de Diltiazem

  • ✔️ Diltiazem pode aliviar os sintomas de tensão arterial elevada. 
  • ✔️ A medicação pode controlar as dores no peito relacionadas com o coração 
  • ✔️ Pode prevenir o ritmo cardíaco anormal 
  • ✔️ O medicamento está disponível em formas genéricas a custos mais baixos 

Contras de Diltiazem

  • ❌ Diltiazem não é adequado para doentes com reacções hipersensíveis à sua ingestão.
  • ❌ Diltiazem pode interagir com Beta-bloqueadores e Quinidina.

Diltiazem prós e contras

Revisões da Diltiazem na Internet e fóruns como Reddit ou Consumer Reports:

Os utilizadores em diferentes fóruns relatam diferentes experiências com o diltiazem. No entanto, a maioria deles teve experiências positivas com o tratamento. 

Alguns utilizadores experimentam alguns efeitos secundários que normalmente se dissipam logo após o corpo se ter ajustado ao tratamento. 

Com base na experiência da maioria destes utilizadores, a janela de ajuste dura frequentemente apenas alguns dias. E, na maioria dos casos, as queixas dos utilizadores vêm de tomar a dosagem errada ou de tomar o medicamento ao lado de outro, causando problemas ao longo do percurso. Diltiazem pode interagir com outros medicamentos ou desencadear reacções alérgicas em pessoas com sensibilidades ao tratamento. Partilhar tais informações com o seu médico antes de iniciar uma dose pode muitas vezes ajudá-lo a evitar efeitos secundários graves. No entanto, há pacientes que retêm essa informação, o que leva a problemas uma vez que começam a utilizar a medicação oral. Em geral, aqueles que tomam o diltiazem seguindo a receita certa tendem a ter a melhor experiência com poucos ou nenhuns efeitos secundários. Diltiazem pode interagir com outros medicamentos, ervas, ou vitaminas que possa estar a tomar, pelo que é essencial revelar ao seu médico qualquer informação relativa aos medicamentos que possa estar a tomar antes de iniciar uma dose de Diltiazem.

Reddit-Logo

O diltiazem tem reputação, ou existe algum aviso sobre o diltiazem na Internet?

O Diltiazem é significativamente eficaz, com a maioria das pessoas a usá-lo para tratar fibrilação atrial, dores no peito, ou tensão arterial elevada a relatar resultados positivos. 

Além disso, existe muita informação sobre a utilização e eficácia do medicamento através da Internet. Vários estudos e periódicos médicos revistos por pares contêm uma grande quantidade de informação que atesta a reputação da Diltiazem em cápsulas orais. 

Para além do facto de a nossa investigação aprofundada não ter encontrado quaisquer avisos ou razões para questionar o medicamento, acreditamos que o diltiazem é respeitável e digno de ser utilizado, embora se deva sempre seguir as prescrições dadas por um profissional certificado. 

O que tenho de considerar se quiser descontinuar o diltiazem?

É essencial considerar a razão para tomar diltiazem em primeiro lugar se quiser descontinuar a sua dosagem. O diltiazem pode ser prescrito para tratar a tensão arterial elevada, por isso, se tiver a condição, a sua interrupção pode causar um aumento da sua tensão arterial, pondo-o potencialmente em maior risco de um derrame ou ataque cardíaco.

Devido à natureza essencial do medicamento, recomenda-se que consulte sempre o seu médico antes de descontinuar o diltiazem.

Médico pré-asseguro

Onde se pode comprar diltiazem? Comparação de preços e ofertas para venda de Diltiazem

Diltiazem é um medicamento receitado, por isso é melhor comprá-lo na Web Rx 24, onde especialistas médicos estão em alerta para oferecer consultas gratuitas, os melhores preços, e qualidade e bónus garantidos.

Pode comprar diltiazem numa farmácia?

Em todas as suas formas de marca e genéricas, o diltiazem é um medicamento de prescrição, pelo que não pode ser comprado numa farmácia ou no balcão (OTC). Também não pode comprar o medicamento a partir de qualquer website porque precisa de um médico especialista para o prescrever.

É por isso que Web Rx 24 é a melhor alternativa para aqueles que não querem incorrer em elevados honorários de consultas de hospitais e médicos tradicionais. O website oferece-lhe uma consulta gratuita e dá-lhe os medicamentos aos preços mais baixos.

Pode comprá-lo em farmácia?

Conclusão da Revisão Diltiazem - A nossa experiência e recomendação

Depois de experimentarmos o diltiazem, não poderíamos enfatizar o suficiente a importância de começar com uma dosagem mais baixa e aumentar lentamente ao longo do tempo, se necessário. Da nossa experiência, começar com uma dose mais baixa ajuda-o a evitar quaisquer efeitos secundários significativos. 

Caso contrário, acreditamos que o diltiazem é um dos melhores tratamentos disponíveis para a hipertensão, anomalias do ritmo cardíaco, e dores no peito relacionadas com o coração. 

experiência e recomendação

PERGUNTAS MAIS FREQUENTES SOBRE O DILTIAZEM

O que é Diltiazem?

Para que é utilizado o diltiazem?

Como utilizar o diltiazem?

O que não se deve tomar com diltiazem?

Quanto tempo é que o diltiazem permanece no seu sistema?

Quanta diltiazem é fatal?

Porquê tomar diltiazem com o estômago vazio?

Quais são os efeitos secundários do diltiazem?

Como é que é o diltiazem?

Quanto tempo demora o diltiazem para baixar o ritmo cardíaco?

Onde comprar diltiazem para venda online?

Existem descontos Diltiazem ou códigos de cupão?

É possível comprar diltiazem no eBay e na Amazon?

Há alguma crítica ao diltiazem, ou é recomendado tomar diltiazem?

É seguro tomar diltiazem continuamente?

Preciso de uma receita médica para comprar diltiazem?

Fontes

  • https://webrx24.com/order-diltiazem-online-en.html?cur=USD&a=79593
  • https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/1725545/
  • https://www.news-medical.net/drugs/Cardizem-CD-and-Cardizem.aspx
  • https://www.nhs.uk/medicines/diltiazem/
  • https://dailymed.nlm.nih.gov/dailymed/drugInfo
  • https://www.webmd.com/drugs/drugreview-3783-diltiazem-oral
  • https://www.healthline.com/health/drugs/diltiazem-oral-capsule#important-warnings
  • https://www.drugs.com/comments/diltiazem/
  • https://medlineplus.gov/druginfo/meds/a684027.html
  • https://www.mayoclinic.org/drugs-supplements/diltiazem-oral-route/proper-use/drg-20071775
Written by Dr. Dana Kim
Medical Writer & Editor

Dr. Dana Kim is a clinical pharmacist. She earned her doctorate in pharmacy from the University of Illinois at Chicago. She has worked as a home infusion pharmacist and has written clinical communications for patients and professionals for more than ten years. Dr. Kim is also a Writer for familyfoodandtravel.com.

View all post by Dr. Dana Kim